Menu fechado

Mas afinal o que faz uma Associação

crowd-2457730_1920-450x158[1]É comum surgirem dúvidas e questionamentos sobre o papel de uma associação perante os moradores, empresas ou até mesmo os estudantes. Mas antes de explicarmos o que faz uma associação e qual o seu papel, vamos entender suas diferenças em relação a outras entidades como:

· Cooperativas;

· Conselhos; e

· Sindicatos.

A diferença entre essas instituições costuma ser alvo de dúvidas, o que muitas vezes dificulta que o profissional busque o atendimento mais adequado para solucionar seu problema.

As cooperativas, por exemplo, têm a finalidade essencialmente econômica e seu principal objetivo é viabilizar o negócio produtivo dos associados junto ao mercado. Sendo que elas têm a finalidade de desenvolver uma atividade comercial em média ou grande escala de forma coletiva. Exemplos de cooperativas são as cooperativas de catadores, de agricultores, de energia e bancos.

Os conselhos, por outro lado, têm a função de orientar o professional sobre os verdadeiros exercícios de seus ofícios, zelar pela ética do professional em todas as suas áreas de atuação, regular os limites de atuação do professional, registrar, cadastrar, atualizar e fiscalizar os dados dos profissionais, bem como assegurar para a sociedade que os serviços estejam sendo realizados por profissionais habilitados e divulgar e discutir temas como ética profissional, áreas de atuação e exercício legal da profissão.

Exemplos de conselhos seriam o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Já os sindicatos visam coordenar, defender e representar legalmente todas as categorias profissionais pertencentes as esferas públicas e privadas perante as autoridades e poderes. São responsáveis também pela fiscalização, orientação com relação ao cumprimento das legislações trabalhistas e oferecimento de assistência professional visando sempre defender os direitos dos associados.

Agora que você compreendeu a diferença entre sindicatos, cooperativas e conselhos, vamos entender o que é uma associação.

Associação pode ser compreendida como a organização resultante da reunião legal entre duas ou mais pessoas, com ou sem personalidade jurídica, sem fins lucrativos para a realização de um objetivo comum. Ela visa defender o direito dos seus associados, promover treinamentos e aprimoramento do conhecimento e representar seus profissionais em eventos e espaços políticos.

Ela promove a integração dos profissionais através de encontros, simpósios e fóruns, difunde resultados de pesquisas e inovações nas áreas de atuação; além de apoiar e promover atividades que visem a melhoria quanto ao posicionamento, tanto dos profissionais como dos futuros profissionais, perante ao mercado de trabalho.

O que diferencia, por exemplo, uma associação de uma cooperativa está na natureza dos seus processos, sendo que as associações têm por finalidade a promoção de assistência social, educacional, cultural, representação política, defesa de interesses de classe e filantropia.

Numa associação, por exemplo, os associados não são na maioria das vezes os donos, ou seja, o patrimônio acumulado pela associação, no caso de sua dissolução, deve ser destinado a outra instituição semelhante, conforme determina a lei.

Outro detalhe é que todos os ganhos pertencem à população de modo geral e não aos associados, pois, conforme a lei, tais ganhos devem ser destinados à alguma atividade promovida pela associação. Na maioria das vezes, os associados não são nem mesmo os beneficiários da ação do trabalho da associação.

Uma das desvantagens da associação em relação à cooperativa é que a associação engessa o capital e o patrimônio. Em compensação, o gerenciamento é mais simples e o custo de registro é menor.

Exemplos de associação são as associações de estudantes ou a própria Associação Nacional dos Engenheiros Ambientais (ANEAM).

Texto escrito por Émilin Casagrande de Souza. Engenheira ambiental, tem experiência na área de saneamento e gestão ambiental, buscando soluções usando QGIS e Bizagi e divulgando suas ideias e conhecimentos no Blog 2 Engenheiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *