Menu fechado

Curso de Férias – ArcGIS

curso_arcgis

INTRODUÇÃO/JUSTIFICATIVA:
O termo Geoprocessamento denota a disciplina do conhecimento que utiliza
técnicas matemáticas e computacionais para o tratamento da informação
geográfica. Esta tecnologia, denotada por Geoprocessamento, influencia de
maneira crescente as áreas de Cartografia, Análise de Recursos Naturais,
Transportes, Comunicações, Energia e Planejamento Urbano e Regional (CAMARA; MEDEIROS, 1998). As ferramentas computacionais para Geoprocessamento, chamadas de Sistemas de Informação Geográfica (SIG), permitem realizar análises complexas, ao integrar dados de diversas fontes e ao criar bancos de dados georreferenciados. Tornam ainda possível automatizar a produção de documentos cartográficos. Num país de dimensão continental como o Brasil, com uma grande carência de informações adequadas para a tomada de decisões sobre os problemas urbanos, rurais e ambientais, o Geoprocessamento apresenta um enorme potencial, principalmente se baseado em tecnologias de custo relativamente baixo, em que o conhecimento seja adquirido localmente. Mediante o contexto acima apresentado, a fotointerpretação e digitalização de imagens associado ao processo de delimitação das áreas de preservação permanente (APP) tornam-se uma ferramenta de extrema importância para o planejamento ambiental e urbano.

OBJETIVO
Aprendizagem do processo de fotointerpretação de ortofotocartas e imagens
espectrais de alta resolução, de modo que tal atividade possa vir a fomentar o
desenvolvimento de atividades de projetos de planejamento do meio natural e
urbano, além de projetos na área ambiental.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 Capacitar os participantes a uma leitura cartográfica voltada para aos projetos ambientais;
 Possibilitar através de uma abordagem teórico-prática a construção do
conhecimento a respeito das ferramentas e funcionalidades do geoprocessamento;
 Fomentar o desenvolvimento de atividades de projetos de planejamento do
meio natural e urbano.

EMENTA
1) Introdução ao Geoprocessamento
1.a) Conceitos;
1.b) Coleta de dados
1.c) Aplicações
1.d) Representação vetorial
1.e) Representação matricial
1.f) Integração raster x vetor
1.g) Georreferenciamento
1.h) Conversão digital de dados
1.i) Aquisição de dados
2) Aspectos Ambientais
2.a) Aspectos legais envolvidos;
2.b) Mapeamento como ferramenta para planejamento ambiental.
3) Manipulação de dados
3.a) Introdução ao AutoCAD, ArcGis e Google Earth
3.b) Conversão de informações vetoriais “shp e cad” para extensão “kml e kmz”
(formato Google Earth)
3.c) Pesquisa e aquisição de dados
3.d) Delimitação da área de estudo
3.e) Elaboração de modelo digital de terreno utilizando sistema ArcGis
3.f) Elaboração de mapas de declividade
3.g) Delimitação das áreas de preservação permanente (APP)
3.h) Delimitação das áreas consolidadas em APP
3.i) Elaboração de Mapa de Susceptibilidade a erosão.

METODOLOGIA: Aulas teórico-práticas utilizando notebook dos participantes.
PÚBLICO ALVO: Acadêmicos e Profissionais das áreas das Engenharias,
principalmente Ambiental, Agrimensura e Civil; Ciências Biológicas, Geografia e
Arquitetura e demais interessados.

LOCAL: Auditório SINERGIA Assessoria Empresarial
ENDEREÇO: Av. Municipal, 2135, Bairro Cidade Alta – Turvo SC
CARGA HORÁRIA: 21 horas/aula
DATA: 30 e 31/01/2017
HORÁRIO: Das 08:00 as 20:00hs
NÚMERO PARCICIPANTES: Máximo 22 pessoas
INSCRIÇÕES ATÉ: 21/01/2017
VALOR DA INSCRIÇÃO: 180,00
INVESTIMENTO TOTAL DO CURSO: R$ 380,00

Fonte: http://sinergiasc.com.br/curso/81/arcgis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *